O EscudoVoz da Verdade
Por toda a minha vidaÓ senhor, te louvareiPois meu fôlego é a tua vidaE nunca me cansarei
Posso ouvir a tua vozÉ mais doce do que o melQue me tira desta covaE me leva até o céu
Já vi fogo e terremotosVento forte que passouJá vivi tantos perigosMas tua voz me acalmou
Tú dás ordem às estrelasE ao mar os seus limitesEu me sinto tão seguroNo teu colo,... Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem... E a tempestade se acalmaNa voz daquele que tudo criouPois sua palavra é puraEscudo para os que nele creem
Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem... Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem...
1 de 9
Publicado em 15 de Novembro de 2019

0 comentário Transcrição 0 gostou Estatísticas

Seja o primeiro a comentar!

Transcrição

  • O EscudoVoz da Verdade
  • Por toda a minha vidaÓ senhor, te louvareiPois meu fôlego é a tua vidaE nunca me cansarei
  • Posso ouvir a tua vozÉ mais doce do que o melQue me tira desta covaE me leva até o céu
  • Já vi fogo e terremotosVento forte que passouJá vivi tantos perigosMas tua voz me acalmou
  • Tú dás ordem às estrelasE ao mar os seus limitesEu me sinto tão seguroNo teu colo, ó, altíssimo
  • Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem culpaQue fiquem de pé diante de nós
  • E a tempestade se acalmaNa voz daquele que tudo criouPois sua palavra é puraEscudo para os que nele creem
  • Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem culpaQue fiquem de pé diante de nós
  • Não há ferrolhosNem portas que se fechemDiante da tua vozNão há doenças, nem culpaQue fiquem de pé diante de nós

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z